De repente, as formigas resolveram invadir a cozinha

De repente, as formigas resolveram invadir a cozinha

Com certeza, você já passou por isso: chega na cozinha e se depara com uma longa trilha de formigas saindo de um buraquinho no rejunte do ladrilho com destino a uma fonte de alimento. Geralmente a lata de lixo ou um bolo que esqueceu sobre a bancada. Estes insetos persistentes podem ser difíceis de tratar, mas a situação não é desesperadora. Existe uma solução.

Elas estão sempre próximas a nós, mas é na primavera que as coisas podem piorar. Sim, além do aparecimento das flores, é nesta estação que o tempo esquenta e que inicia o ciclo reprodutivo de vários animais. O aumento populacional aumenta a necessidade de energia e, consequentemente, as formigas partem em busca de mais alimento.

De onde vem tanta formiga?

Você já deve ter se perguntado como as formigas chegaram em sua casa, uma vez que você toma bastante cuidado com a limpeza e não deixa alimentos fora das embalagens. Acontece que estes insetos podem entrar em casa através de sacos de papel que vêm dos supermercados e padarias, em caixas de papelão ou até mesmo em nossos sapatos. Além de tudo, elas podem andar longas distâncias em busca de comida. Ou seja, podem sair da casa do vizinho e chegarem à sua cozinha em busca de um farelo de pão no canto da pia.

Prevenir este tipo de praga não é fácil, combater uma infestação, menos ainda. No entanto, a bióloga e responsável técnica da Insetan Viviane Avelar explica que mudanças simples de hábito podem contribuir muito para que espécies de formigas deem certa trégua. Acabar com as refeições na sala de estar (ou na mesa de trabalho), limpar a mesa após as refeições e evitar deixar resíduos de alimentos na pia ou no chão pode evitar que as formigas se espalhem por sua casa. No escritório, onde muitas vezes são feitos lanchinhos durante o trabalho, ou estudo, as formigas podem acabar danificando equipamentos eletrônicos que acumulam migalhas, como o teclado do computador, por exemplo.

Uma dica é manter o cesto de lixo fechado e a comida dos cachorros ou gatos sempre limpa para evitar a proliferação do inseto. Outra dica é colocar o pote de comida de seu mascote dentro de um prato com água.

Em caso de infestações que já estão em curso, a solução é realizar o controle periódico, com especialistas que vão observar a atividade dos insetos, identificar os ninhos e aplicar o método mais eficaz para se acabar com a infestação.

Deixe seu comentário

2 + 4 =