Está com fome? Coma insetos!

Está com fome? Coma insetos!

A entomofagia é o hábito de consumir insetos, aracnídeos e outros artrópodes. Muito comum em algumas partes do mundo, como Ásia, África e América Central, esse hábito foi cogitado pela Organização das Nações Unidas (ONU) como forma de combater o problema mundial da fome.

A ideia da ONU, através de sua Organização para Agricultura e Alimentação (FAO), é estimular as pessoas a introduzirem os insetos em sua alimentação como forma de suprir as necessidades diárias de proteínas. Além disso, o consumo de insetos poderia proporcionar a redução da produção de carne – uma preocupação ambiental já que esse mercado é responsável por cerca de 20% de todo o CO² emitido no mundo.

Consumir insetos pode ser um hábito saudável e ecologicamente correto. De acordo com a FAO cada 100g de lagarta seca contém 53 gramas de proteínas, alto valor energético e maior proporção de proteínas e gorduras do que carne de boi ou peixe. Em contrapartida, biólogos não são a favor da ideia e defendem a redução das áreas ocupadas pela pecuária para ocupação por plantações. O argumento desses profissionais é que seria necessário matar muitos insetos para alimentar os seres humanos, então nesse caso seria mais fácil consumir vegetais, que também possuem muitas proteínas e não são nocivos aos bichos que dividem o planeta com a raça humana.

Outra questão levantada pelos biólogos contra a expansão do consumo de insetos é que nem todas as espécies são comestíveis e algumas são até mesmo tóxicas. Além disso, a textura, cor e estrutura de alguns desses bichinhos não são muito agradáveis ao paladar humano.

E aí, arrisca um espetinho de larvas?

espetos_insetos Está com fome? Coma insetos! Curiosidades Notícias Pragas

Espeto de grilos fritos e larvas. Está servido?
Crédito da foto: Corbis Images

Com informações do portal de notícias Terra

Deixe seu comentário

50 - 42 =