Árvore que caiu em ambulante em São Paulo estava infestada por cupins

Árvore que caiu em ambulante em São Paulo estava infestada por cupins

A árvore que atingiu uma mulher que trabalhava em uma barraca vendendo açaí estava infestada de cupins. Mônica Francisca dos Santos, de 22 anos, trabalhava em uma feira gastronômica no Largo da Concórdia, no Centro da Capital, por volta das 17h na segunda-feira (16), quando foi atingida. A árvore que caiu era um pinheiro de 15 metros de altura.

Na manhã da terça-feira (17), a polícia foi ao local em que a jovem foi atingida e instaurou um inquérito para apurar as causas da morte. “Quem cuida disso, quem tem que olhar para isso, deve ser responsabilizado”, afirmou o delegado Eder Pereira e Silva.

O prefeito de São Paulo, Fernando Haddad, disse nesta terça-feira que 120 mil podas e 3 mil remoções de árvores são feitas por ano.

“Nós temos hoje um convênio, inclusive com a Eletropaulo, em que as podas aumentaram, as remoções aumentaram, mas, efetivamente, as árvores não estão preparadas para esse tipo de evento. E você não vai remover as árvores sãs. Você só remove árvore que está doente. Você não consegue em 24h dar conta de todos os problemas que acontecerem em função desse vento extremo.”

 

Fonte: http://g1.globo.com/sao-paulo/noticia/2016/05/arvore-que-caiu-em-ambulante-em-sao-paulo-estava-infestada-de-cupins.html

Deixe seu comentário

+ 23 = 33