Pesquisador brasileiro descobre inseto que muda de sexo

Pesquisador brasileiro descobre inseto que muda de sexo

Fonte: G1

Um pesquisador da Universidade Federal de Lavras (UFLA) descobriu uma espécie de inseto que é capaz de mudar de sexo. O estudo começou há três anos quando a equipe do professor de biologia Rodrigo Lopes encontrou as espécies Neotrogla aurora e Neotrogla truncata ao percorrer cavernas do norte de Minas Gerais, Tocantins e Bahia.

O inseto é do tamanho de um piolho. Com a ajuda de um microscópio, os pesquisadores fazem a descrição da espécie, que é da ordem desocóptera. Foi em uma dessas observações que o professor percebeu que os órgãos genitais do macho e da fêmea poderiam ter sofrido uma mutação, ou seja, a espécie seria capaz de desenvolver os dois órgãos reprodutores. Para o pesquisador, isso pode ser considerado uma evolução da espécie.

“A gente sabe que um é macho e o outro é fêmea porque um possui testículos e o outro ovários. Porém, eles apresentaram uma inversão das estruturas reprodutivas em relação às genitálias. Isso é considerado uma evolução, porque esse inseto vive em um ambiente onde a fonte de alimento é escassa e os machos teriam encontrado essa maneira para receber alimento das fêmeas”, revela Lopes.

Os insetos são mantidos em um recipiente com um pouco da terra da caverna onde foram encontrados e são observados cuidadosamente. Os pesquisadores precisam registrar um acasalamento para que as suposições sejam comprovadas. “Essa é a primeira vez na história que se registra um fenômeno assim. Isso nunca foi registrado em nenhuma outra espécie animal”, explica o professor.

A descoberta já está comprovada, mas a pesquisa ainda não foi publicada oficialmente. Uma revista especializada da Suíça demonstrou interesse no trabalho do pesquisador da UFLA. Segundo Lopes, suíços e japoneses estão auxiliando nas pesquisas.

Deixe um comentário

+ 74 = 77