Minas Gerais registra primeira suspeita de morte por dengue em 2017

Minas Gerais registra primeira suspeita de morte por dengue em 2017

Minas Gerais registrou a primeira suspeita de morte por dengue em 2017, de acordo com boletim divulgado pela Secretaria de Estado de Saúde (SES) nesta quarta-feira (25). O óbito está em investigação. Detalhes sobre a vítima e local onde a doença teria sido contraída não foram informados pela SES.

O balanço da secretaria também aponta que, até esta segunda-feira (23), 2.469 casos prováveis de dengue, que incluem as ocorrências confirmadas e suspeitas, foram registrados no estado. Em média, foram mais de 107 casos por dia.

Em 2016, Minas Gerais teve 254 mortes em decorrência da doença confirmadas. O número de casos prováveis ultrapassou 528 mil. A cidade em que houve mais óbitos é Belo Horizonte, onde 61 pessoas morreram. De acordo com a Secretaria Municipal de Saúde, a capital mineira também registrou cerca de 155 mil confirmações da doença no ano passado.

Chikungunya e zika

O boletim da SES também traz dados de outras duas doenças transmitidas pelo Aedes aegypti. Em relação à Chikungunya, a secretaria contabiliza, em 2017, 107 casos prováveis em Minas. Já o registro de casos prováveis de zika chega a 46 no estado.

Fonte: G1

Deixe seu comentário

3 + 7 =