Consumidora compra camarões e encontra barata

Por mais que não seja o ideal, infelizmente casos de insetos em alimentos têm se tornado cada vez mais comuns na mídia e em nosso dia-a-dia. Dessa vez aconteceu em João Pessoa, Paraíba, com uma administradora de empresas. Quando Karinine Cabral fez um pedido para viagem em um bar sua ideia era adiantar os preparativos de um churrasco levando alguns petiscos já preparados. Mas na hora de consumir o alimento veio a frustração e a vergonha: misturada aos camarões uma barata acabou com o apetite dos convidados.
Com a ajuda da internet a história se espalhou Brasil a fora até virar notícia nos grandes portais. A foto abaixo está circulando pela web e foi feita pela própria cliente, revoltada com a falta de atenção do proprietário do bar ao seu problema. Além de não ir ao encontro da consumidora no ato da reclamação, conforme ela mesma relatou, o dono do estabelecimento deu uma declaração polêmica ao site de notícias G1: “Ela voltou ao bar trinta minutos após levar a comida para casa, pedindo uma indenização aos garçons para que não divulgasse nas redes sociais ou levasse o caso para justiça. Qual a prova que ela tem de que esse inseto realmente estava dentro da quentinha?”.
barata_no_camarao
Depois de encontrar a barata no meio de sua comida, Karinine não hesitou em registrar um boletim de ocorrência numa delegacia e acionar por telefone a Vigilância Sanitária, órgão responsável por fiscalizar as condições de higiene dos estabelecimentos comerciais. Ao site de notícias G1 o gerente da Vigilância Sanitária de João Pessoa afirmou que o bar responsável pela venda dos camarões será totalmente inspecionado, verificando-se as condições sanitárias e a comprovação de uma dedetização. “Se foi um caso isolado, ele receberá uma notificação e um prazo para que as providências sejam tomadas. Se não for cumprido, existem advertências, multas e até a interdição”, disse o gerente.
E você? Vai esperar ter um problema assim para colocar a dedetização do seu estabelecimento em dia? Então entre em contato agora com a Insetan e faça seu orçamento!
Com informações do site G1.

Clientes encontram insetos em alimentos do McDonald’s

Uma dedetização eficiente pode evitar grandes dores de cabeça, principalmente em empresas que vendem alimentos. Em São José dos Campos, São Paulo, dois clientes tiveram surpresas desagradáveis ao adquirem diferentes produtos no mesmo restaurante da rede de fast food McDonald’s. No início desse mês o investidor Rafael Vilard comprou no drive-thru um lanche para viagem, para consumir com sua esposa e seu filho. Ao terminar de comer as batatas fritas, ele encontrou uma mosca no fundo do pacote que segundo ele estava “frita e cheia de sal” (foto abaixo). O rapaz afirma ter voltado ao restaurante para reclamar com o gerente, que negou a possibilidade do inseto ter saído do estabelecimento na embalagem das batatas.

Mosca na batata do McDonald's

Outro caso semelhante aconteceu no mesmo restaurante em 25 de fevereiro. A estudante Viviane Renó foi ao McDonald’s com o marido e o filho para comemorar o aniversário da criança. A estudante comprou um refrigerante de 700 ml e quando a bebida já estava quase acabando seu esposo notou algo escuro na parede do copo. Ao abri-lo o homem encontrou uma barata morta boiando no líquido (foto abaixo). Além de reclamar no restaurante, Viviane Renó  registrou um boletim de ocorrência contra o estabelecimento. Mesmo apresentando o comprovante de dedetização do local à cliente, o McDonald’s não escapou da queixa de Viviane na Vigilância Sanitária. O órgão fez uma vistoria no local, mas não encontrou nenhuma irregularidade.

Mosca no refrigerante

Conte pra gente nos comentários: você já passou por uma situação assim? O que aconteceu e como você reagiu?
Com informações do site de notícias G1.

Dicas para contratar uma dedetizadora

Profissional devidamente paramentado
As dedetizadoras podem prestar vários tipos de serviços para controlar pragas urbanas. Inclusive, existem empresas especializadas em determinadas pragas .
Para contratar uma dedetizadora eficiente é muito importante certificar a capacidade técnica e o profissionalismo da empresa. Procure indicações e converse com os profissionais envolvidos, medindo, de certa maneira, a capacidade que possuem.
Também procure examinar se os funcionários possuem material adequado de proteção à própria saúde, lembrando que esse controle é de responsabilidade da dedetizadora. Os produtos usados para dedetizar são, na maioria deles, nocivos aos seres humanos quando a exposição é constante. Continue lendo “Dicas para contratar uma dedetizadora”