Pergunte ao Especialista: Há um veneno específico para combater formiga fantasma?

Esta é a seção Pergunte ao Especialista. Aqui você tira todas as suas dúvidas sobre insetos e pragas urbanas. Deixe sua pergunta nos comentários ou envie um e-mail para a gente!

formiga_tapinoma.melanocephalum

Dúvida:
Meu carro está infestado por um inseto que eu creio ser a formiga fantasma (pela aparência e pelas informações que encontrei na internet esse é o termo mais usado). Há alguma indicação de veneno para este tipo de formiga? Não sei qual produto é eficaz.
Pergunta enviada por Paulo Henrique, de São Paulo.
Resposta:
Recomendamos que você procure uma empresa controladora de pragas devidamente legalizada em sua região para que o controle dessa praga seja feito com segurança e eficiência. Caso tenho dificuldades de encontrar uma empresa, entre em contato com a Associação dos Controladores de Vetores e Pragas Urbanas de São Paulo (APRAG) para receber uma lista de empresas desse segmento.

Insetos ocupam semáforo na região central de São Paulo

Os motoristas não gostaram, mas as vespas parecem não se incomodar com a bronca. Instalado na região central de São Paulo, um semáforo virou abrigo para insetos que construíram sua colônia justamente no círculo de luzes vermelhas.

insetos_tomam_semaforo

A imagem acima foi registrada no início do mês de maio por um ciclista que transitava no local, e ilustra uma situação que preocupa os motoristas. Com a correria do trânsito paulistano, as pessoas temem não ver o sinal fechado e serem multados em função disso. Em reportagem publicada no site G1, a companhia de trânsito de São Paulo disse que já acionou a Vigilância em Serviços de Saúde (COVISA), responsável pela remoção das pragas.

A publicidade e as larvas

O palco foi a Galeria do Rock, na região central de São Paulo. O cenário era um cartaz publicitário. E as protagonistas eram dezenas de larvas. Parece nojento e estranho, mas tudo fez parte de uma ação publicitária para alertar as pessoas sobre os riscos do uso do crack. Deu certo.
Criada pela agência Talent, a iniciativa da Associação Parceria Contra Drogas colocou dois cartazes nos corredores da Galeria do Rock, ponto de encontro dos jovens paulistanos, localizada em uma área com forte presença do tráfico de drogas. Impressos em uma espécie de massa de trigo, os cartazes eram devorados ao vivo por várias larvas do tipo tenébrio, o chamado “bicho-da-farinha”. O objetivo: mostrar para as pessoas de uma forma simulada, porém visível, como o crack destrói o usuário aos poucos. A ideia foi inusitada e forte, mas no fim conquistou a meta e atraiu a atenção das pessoas.

larvas_cartaz

Com informações do site Hypeness