Pesquisa de distúrbios cerebrais cria rato superinteligente

Cientistas modificaram geneticamente ratos para torná-los superinteligentes e perceberam que eles também são menos ansiosos, uma descoberta que pode ajudar nas pesquisas de tratamentos de distúrbios como a doença de Alzheimer, a esquizofrenia e o transtorno de estresse pós–traumático (PTSD, na sigla em inglês).
Pesquisadores da Grã-Bretanha e do Canadá descobriram que alterar um único gene para bloquear a enzima fosfodiesterase-4B (PDE4B) – encontrada em muitos órgãos, entre eles o cérebro – deixou os ratos mais espertos e menos medrosos.
“Nosso trabalho com os ratos identificou a fosfodiesterase-4B como um alvo promissor para novos tratamentos em potencial”, disse Steve Clapcote, conferencista de farmacologia da britânica Universidade de Leeds, que liderou o estudo.
Clapcote afirmou que agora sua equipe trabalha no desenvolvimento de drogas que irão inibir especificamente a PDE4B. Os medicamentos serão testados primeiro em animais para que se veja se algum deles pode servir para ser usado em testes clínicos com humanos.
Nos experimentos, publicados na revista Neuropsychopharmacology, os cientistas realizaram uma série de testes comportamentais nos ratos com inibição da enzima PDE4B e descobriram que eles tendem a aprender mais rápido, lembrar de acontecimentos por mais tempo e resolver problemas complexos melhor do que os ratos normais.
Os roedores “cabeça” se saíram melhor para reconhecer um rato que haviam visto no dia anterior, afirmaram os pesquisadores, e também se mostraram mais rápidos para aprender a localização de uma plataforma de fuga escondida.
Eles ainda se revelaram menos capazes que os ratos comuns de lembrar um evento assustador depois de vários dias, e como a PDE4B também é encontrada em humanos isso pode ser útil na pesquisa de tratamentos para enfermidades cerebrais, assim como para a decadência mental ligada ao envelhecimento.
Os experimentos também evidenciaram que os ratos com inibição da PDE4B sofrem menos de ansiedade, preferindo passar mais tempo em espaços abertos e bem iluminados do que seus parentes normais, que optaram por espaços escuros e restritos.
E, embora os ratos tenham um medo natural de gatos, os roedores modificados reagiram com menos temor à urina dos felinos, dando a entender que inibir a PDE4B pode aumentar o comportamento de risco.
Fonte: Pragas On Line

Fátima Bernardes leva susto e foge de rato no palco do 'Encontro'

Fátima Bernardes levou um susto com a presença de um rato no palco do Encontro desta sexta-feira, 2.
O animal, criado em cativeiro por André Sena e que fazia parte de uma explicação sobre roedores, fugiu da caixa de vidro em que estava no palco do matinal.
Fátima se assustou e saiu correndo do ratinho. “Não, é porque ele pulou. Tinha perguntado [para o André], e ele disse que não ia sair dali. De repente, pulou…“, disse a apresentadora após a correria.
Fabiana Karla, que era uma das convidadas do programa, também falou sobre o susto da apresentadora. “Vocês não viram nem metade! Ela pulou dois metros“, brincou a humorista.
Nunca vi ninguém correndo assim. Agora já está bem, depois do desmaio“, completou Lair Renó com certo exagero — Fátima não desmaiou no palco!
O criador explicou que aquela espécie era “especialista em fuga” e que eles fugiam das pessoas e de todos seus predadores naturais para poderem sobreviver. André contou, ainda, que o medo das pessoas em ratos vem da época da Idade Média, com a Peste Negra. “Matou 75 milhões de pessoas. Ficou no nosso DNA. Quando olha para um rato, imagina doença. Esses não têm doença porque vivem a gerações em cativeiro“, contou André.
Assista ao vídeo AQUI.
Fonte: Caras

Rato pode ser solução para combater o câncer

Hoje a cena artística brasileira perdeu mais um talento para o câncer. O ator Paulo Goulart faleceu aos 81 anos e a principal suspeita da morte é o câncer no mediastino (região localizada no tórax, entre os pulmões) que ele enfrentou no final de 2012. O câncer é uma doença que atinge e mata cada dia mais pessoas: no Brasil foram 184.384 óbitos em 2011. A doença é hoje a segunda principal causa de morte em nosso país e no mundo.
Os tratamentos existentes para combater o câncer, como a quimio e a radioterapia, são bastante agressivos e não prometem 100% de efetividade. Mas graças ao Rato-toupeira-pelado (o bichinho não muito simpático da foto abaixo) esse cenário poderá mudar para melhor.

O rato africano do gênero Heterocephalus possui em grande quantidade a molécula de açúcar Hialurano de Alto Peso Molecular (HMM-HA). Cientistas dos Estados Unidos e de Israel descobriram que essa molécula impede o agrupamento de células e a formação de novos tumores de câncer. Os humanos possuem essa molécula nas articulações, mas em quantidade muito menor do que a encontrada no Rato-toupeira-pelado. A HMM-HA é a esperança dos médicos para novas e múltiplas possibilidades eficazes de prevenção e tratamento do câncer.

Pergunte ao Especialista: Um rato caiu e morreu dentro da minha máquina de lavar. O que devo fazer?

Esta é a seção Pergunte ao Especialista. Aqui você tira todas as suas dúvidas sobre insetos e pragas urbanas. Deixe sua pergunta nos comentários ou envie um e-mail para a gente!
Dúvida:
Um rato caiu dentro minha máquina de lavar e morreu ali. O que devo fazer com o eletrodoméstico? Tenho uma criança de dois anos em casa e fico com receio de voltar a lavar as roupas nessa máquina.
Pergunta enviada por Suzana.
rato-preto-pequeno
Resposta:
Já ensinamos aqui nessa seção como desinfetar roupas contaminadas por uma ratazana que entrou na máquina de lavar.
No caso da pergunta de hoje, se o roedor faleceu no interior da cuba onde são depositadas as roupas para lavagem você deve retirar o cadáver e higienizar toda a cuba e o agitador com solução de Cloro ou Lisofórmio. Após essa higienização limpe toda a máquina e volte a utilizá-la normalmente.

Pergunte ao Especialista: Quero dedetizar meu fogão, como faço?

Seja bem-vindo à seção “Pergunte ao Especialista”. Aqui você tira todas as suas dúvidas sobre insetos e pragas urbanas. Mande suas perguntas para a gente!
Dúvida:
Gostaria de saber como faço para dedetizar o meu fogão, pois descobri que haviam ratos dentro dele.
Pergunta enviada por Bianca Lino.

Crédito: Alexander Badyaev

Resposta:
Você pode realizar o controle de roedores em toda a área da cozinha, inclusive atrás do fogão. Após eliminar a infestação observada você deverá fazer uma higienização criteriosa em todo fogão.
Contate-nos através de nossa Central de Atendimento que lhe ajudaremos a resolver o problema de infestação apresentado.

O rato dançarino

O que você faz quando vê um rato? Normalmente a tendência da maioria das pessoas – principalmente as mulheres – é se assustar, gritar, correr. Mas os ratos não são assim tão assustadores. Eles podem ser até bonitinhos, como o que aparece nesse vídeo aqui embaixo.

Ao som do famoso hit “I Believe In Miracles”, da banda britânica Hot Chocolate, a animação feita por Michael Loeck faz a gente dar boas risadas desse ratinho trapalhão. Após dançar e rebolar para um pedaço de queijo preso a uma armadilha, o rato não resiste à tentação e, claro, tenta roubar o alimento. Ele até consegue escapar da arapuca, mas não da força de uma vassourada! Pode falar que nesse caso a gente até sente pena do talentoso animalzinho, não é mesmo?