As “mariposa” de Adoniran Barbosa

mariposa
Nem a música está livre das pragas. E foi a mariposa, em particular, que ganhou notoriedade no Brasil em uma composição do cantor Adoniran Barbosa, o pai do samba paulista. Criada em 1955, a canção “As Mariposa” é um ícone da MPB que se tornou conhecido até pelas gerações mais novas.
Se você nunca ouviu essa música, chegou a hora. Abaixo do vídeo tem a letra pra você cantar junto!

As Mariposa – Adoniram Barbosa
As mariposa quando chega o frio
Fica dando vorta em vorta da lâmpida pra si isquentá
Elas roda, roda, roda e dispois se senta
Em cima do prato da lâmpida pra descansá
(2x)
Eu sou a lâmpida
E as muié é as mariposa
Que fica dando vorta em vorta de mim
Todas noite só pra me beijá

Os insetos que nos habitam

O grupo O Teatro Mágico se tornou um fenômeno cultural no Brasil de uns anos pra cá. Misturando elementos do circo, teatro, poesia, música, literatura, política e do cancioneiro popular o grupo faz apresentações que encantam seus fãs em todo o país. E no meio dessa mistura eis que surgem eles: os insetos. Conheça a canção (ou seria um poema?) “Os Insetos Interiores”:

A festa dos insetos

Gilliard é um cantor nordestino que ficou muito famoso no final da década de 1970 cantando a música “Aquela Nuvem”. Mas não é por isso que estamos falando dele em nosso blog hoje.
Você já ouviu a canção “Festa dos Insetos”? Então divirta-se com esse grande sucesso infantil:

Insetos invadem show de música

Nem os insetos brasileiros resistiram à turnê do cantor Paul McCartney que passou pelo Brasil no início do mês de maio. Durante o show em Goiânia o ex-Beatle foi atacado por uma nuvem de louva-deuses! Um dos bichinhos insistiu em ficar na camisa do cantor que ao tentar espantá-lo lidou com a situação com bom humor, chamando a pequena praga de “meu amiguinho”.

paul_louva
Paul McCartney tenta espantar o inseto de sua roupa

Com informações do portal de notícias G1.

Chico Buarque e sua ode aos ratos

Nas ruas ou na arte, as pragas urbanas têm presença garantida! Dessa vez são os ratos quem tomam conta de uma música composta por Edu Lobo e Chico Buarque em 2001 para o musical Cambaio, de Adriana e João Falcão:

Além de ter uma letra totalmente diferente das belas canções compostas por Chico Buarque sobre sentimentos, mulheres e relacionamentos, Ode aos Ratos tem uma história inusitada. Conta Wagner Homem, autor do livro “Histórias de Canções – Chico Buarque”, que quando da composição da música, Chico teria ligado para um amigo que é zoólogo e compositor para saber como vivem os ratos, já que sua nova canção era uma homenagem a eles. O amigo de Chico Buarque teria dito o seguinte: “Ah, Chico, você mente tanto a respeito de mulher, por que você não faz o mesmo com relação aos ratos”? A resposta do cantor foi sarcástica e cômica: “É que tenho o maior respeito pelos ratos”.

O rato dançarino

O que você faz quando vê um rato? Normalmente a tendência da maioria das pessoas – principalmente as mulheres – é se assustar, gritar, correr. Mas os ratos não são assim tão assustadores. Eles podem ser até bonitinhos, como o que aparece nesse vídeo aqui embaixo.

Ao som do famoso hit “I Believe In Miracles”, da banda britânica Hot Chocolate, a animação feita por Michael Loeck faz a gente dar boas risadas desse ratinho trapalhão. Após dançar e rebolar para um pedaço de queijo preso a uma armadilha, o rato não resiste à tentação e, claro, tenta roubar o alimento. Ele até consegue escapar da arapuca, mas não da força de uma vassourada! Pode falar que nesse caso a gente até sente pena do talentoso animalzinho, não é mesmo?