Baratas vêm do vizinho para meu restaurante, o que posso fazer? | Controle de Baratas BH

O restaurante faz o controle de pragas, mas os vizinhos? Alexandre é dono de uma cozinha comercial e passa por este problema, nossos especialistas aconselham o empresário.
O Alexandre é leitor do blog da Insetan e é dono de um restaurante. O estabelecimento fica bem ao lado de uma loja que lida com estoque. É comum encontrar caixas de papelão e, para afugentar insetos, os proprietários deste comércio frequentemente utilizam naftalina.
Com isso, muitas vezes, as baratas e outros bichos correm para se refugiar no restaurante. Ele quer saber quais são as responsabilidades do vizinho já que ele tem o controle integrado de pragas em dia.
canstockphoto21700301

Fomos atrás do Engenheiro Agrônomo e Analista Técnico da Insetan, Dhiego Freitas Rocha. Ele explicou que a nafitalina é um repelente químico que não leva os insetos ao óbito, mas que passa do estado sólido para o gasoso (sublimação) e pode fazer com que estes animais se refugiem em outros locais como edificações vizinhas.
Alguns estabelecimentos, como do setor alimentícios e medicamentos são obrigados a realizarem o controle períodico de pragas, outros não. No caso de depósitos, se estocam alimentos ou medicamentos precisam sim realizar o controle, caso não, o controle seria feito por bom senso.
O Analista recomenda que o restaurante realize a desinsetização periódica de seu estabelecimento e utilize técnicas para impedir o acesso e a proliferação de insetos no local, como instalação de telas em ralos, calhas e janelas. “Mantenha o local sempre limpo e organizado, realize triagem de mercadoria eliminando caixas de papelão e de verduras antes de estocar em seu depósito, matenha os resíduos sólidos armazenados em recipientes com tampa até receberem a destinação adequada, evite acúmulo de materias em desuso e substitua os desgastados, vede possíveis frestas e aberturas em azulejos e sob pias”, recomenda. Estes cuidados que podem ser feitos por uma empresa controladora de pragas urbanas, são responsáveis pelo controle de 80% de possíveis infestações no seu restaurante.

Ratos na lavanderia. O que devo fazer?

Uma situação bastante inusitada mas bastante possível de acontecer. O que fazer quando roedores invadem a lavanderia e deixam fezes em suas roupas? Nossos especialistas respondem.
Uma leitora do Blog da Insetan nos escreveu bastante preocupada com a situação de sua lavanderia. Segundo ela, por conta da falta d’água, deixou algumas toalhas dentro da máquina de lavar. Quando foi o abastecimento na região em que vive foi normalizado, ela reparou que haviam fezes de roedores sobre as toalhas.
Desesperada, ela conta que colocou a máquina para funcionar com 2 litros de cloro. “Não sei como aquele rato conseguiu entrar na máquina. O que faço? Jogo as toalhas fora? Tenho pavor de rato”, relata.
Buscamos a resposta com Engenheiro Agrônomo e Analista Técnico da Insetan, Dhiego Freitas Rocha, uma simples lavagem nas toalhas e a desinfecção com uma solução de água sanitária pode remover as bactérias presentes nas fezes dos ratos. Ele alerta para os riscos de manchar os tecidos.
Para controlar esta praga, ele alerta para a necessidade da identificação dos roedores para a adoção de técnicas que resolvam seu problema. “Através da observação do tamanho das fezes é possível identificar a espécie de roedores. No caso de ser espécie do gênero Rattus (ratazanas ou ratos pretos), a presença é associada a mais de um indivíduo, já que estes vivem em colônia. No caso de camundongos (da espécie Mus musculos) pode se tratar de um casal ou um casal de indivíduos.