Controle de Barata de esgoto

Falaremos sobre algumas técnicas de prevenção e controle de baratas que geralmente habitam locais com muita gordura e matéria orgânica em abundância como galerias de esgoto, bueiros, e caixas de gordura. Cientificamente conhecida por Periplaneta americana, a barata de esgoto, juntamente com a Blatella-germanica são as duas baratas mais comuns de serem encontradas em ambientes urbanos.
Com as chuvas, estes ambientes inundam e advinha só pra onde estas baratas buscam abrigo? Em nossas casas. Por isso a importância da prevenção, que se baseia, principalmente, no controle ambiental, interferindo diretamente para evitar que o inseto encontre alimento e abrigo. Como por exemplo:

Dicas para prevenção controle de baratas de esgoto

  1. Evite uso de  caixas de papelão, uma vez que as baratas podem se alimentar de celulose. Utilizar papelão tratado ou plástico para guardar pertences.
  2. Verifique caixotes, gavetas, e todo tipo de material que entre em sua casa e possa estar servindo de transporte ou abrigo às baratas e suas crias.
  3. Mantenha limpo a cozinha, despensa e também seus pertences, como fornos, armários, eletrodomésticos, coifas, sob pias e outros lugares que possam acumular gordura e restos alimentares.
  4. Organize o lixo em sacos plásticos e dentro de latas apropriadamente fechadas e limpas.
  5. Colocar telas, grelhas, ralos do tipo “abre-fecha”, sacos de areia ou outros artifícios que impeçam a entrada desses insetos através de ralos e encanamentos.

Remédios naturais podem aliviar picadas de insetos

dicas_picadas_insetos
Casca de banana, manjericão, mel, gelo, leite e água. O que parece uma receita exótica de suco ou vitamina, nada mais é do que uma dica preciosa para aliviar as picadas de insetos. Ou seja, dá para se salvar dos incômodos das pragas mesmo sem uma pomada ou um repelente à mão!
Se você foi picado por um inseto e só percebeu isso na hora que o local da picada inchou e coçou, pegue logo a casca de banana! Esfregando a parte interna dela sobre o local você alivia o inchaço e o incômodo. Sem falar que ela também é muito eficiente na cicatrização de ferimentos e para estancar sangramentos.
Outra forma de amenizar o incômodo de uma picada, principalmente se você for alérgico a ela, é usar o manjericão. Essa receita é um pouquinho mais elaborada: amasse as folhas até soltarem um líquido escuro e passe-o no local da picada. Explicação científica: esse extrato do manjericão possui cânfora e timol, substâncias que aliviam a coceira.
Se você tiver um pote de mel a mão pode fazer duas coisas: matar a vontade de comer doce e tratar uma picada de inseto. Em contato com a pele as substâncias antibacterianas e anti-inflamatórias do alimento tratam o local e a consistência viscosa do mel dificulta o ato de coçar a feridinha causada pelo inseto.
As picadas mais dolorosas, como de abelhas e marimbondos, também têm alívio rápido se você usar o ingrediente certo. Nesse caso é o gelo quem vai aliviar a coceira, o inchaço e a dor, resfriando as fibras nervosas no local.
Uma mistura que também alivia o incômodo causado pelos insetos é leite com água. Isso, é claro, se a pessoa não tiver alergia ao leite. O ideal é que os dois líquidos estejam bem gelados e sejam usados em porções da mesma medida. Com a ajuda de um tecido a mistura deve ser espalhada no local da picada, reduzindo o inchaço, inflamação, dor e coceira.
Com informações do site Tribuna da Bahia. 

Nesse Carnaval previna-se dos insetos!

No feriado de Carnaval você pode fazer de tudo: viajar ou ficar em casa, descansar ou cair na folia. Só não pode ficar refém dos insetos. É fato comprovado que no calor o número de pragas aumenta; de acordo com o engenheiro agrônomo consultor da Associação Brasileira de Controle de Vetores e Pragas, Rogério Catharino, isso acontece porque quando a temperatura passa dos 32° os insetos têm seu metabolismo acelerado, chegando à maturidade sexual precocemente, o que contribui para a reprodução rápida. E no Carnaval a situação pode ser ainda pior, principalmente em locais que recebem muitos foliões e turistas: quanto mais gente pelas ruas, mais lixo é produzido, o que aumenta a oferta de alimento para insetos e pragas urbanas.

Para se proteger das picadas de inseto ou livrar sua casa da invasão das pragas, separamos algumas dicas simples:
Para quem vai viajar ou cair na folia:
– Cobrir pernas e braços, que são as partes do corpo mais visadas (afinal são as partes que expomos que atraem os mosquitos). Sabemos que verão e carnaval não combinam com calças longas e blusas de mangas compridas, mas para quem tem alergia essa dica de prevenção é fundamental;
– Se for passar o feriado na praia, na piscina ou quiser ficar com o corpo mais exposto abuse do repelente de duas em duas horas, especialmente os que tiverem a substância Icaridina, que tem um tempo de ação maior que os outros. Dê preferência aos repelentes de textura em gel, que têm o cheiro mais fraco. E fique atento às crianças: elas só podem usar repelente a partir dos dois anos de idade e demandam outros cuidados especiais. Neste outro post damos dicas para protegê-las.
Para quem vai ficar em casa e descansar:
– Inseticidas a venda em supermercados podem ser uma alternativa rápida de combate a alguma pragas. Há vários modelos no mercado: em spray, líquidos ou em pastilhas para colocar no aparelho elétrico. Produtos com citronela também são poderosos aliados na batalha contra os mosquitos;
– Se o seu imóvel fica em uma região que tem muitos insetos voadores vale a pena investir nas telas protetoras de janelas, que têm efeito mais prolongado do que os inseticidas de supermercado;
– O combate as pragas mais eficiente ainda é a dedetização. Então faça seu orçamento e acabe com a folia das pragas!
Com informações do IG e Extra.

Dicas e práticas para o combate da Dengue

O Combate à Dengue é uma responsabilidade dos órgãos públicos e de toda população. O mosquito da dengue (aedes aegypti) se reproduz em qualquer lugar que houver condições propícias (água parada limpa ou pouco poluída). A conscientização da população e a tomada de medidas são de fundamental importância para a redução e, quem sabe, a erradicação desta doença do Brasil.

Copie e compartilhe esta imagem no seu site ou blog:

<a title="Dedetização Insetan" href="http://www.siteantigoinsetam.siglacomunicacao.com.br/"><img src="http://www.siteantigoinsetam.siglacomunicacao.com.br/wp-content/uploads/2013/03/dengue.jpg" alt="Dicas e práticas para o combate da dengue | Insetan" border="none" /></a>

 

Como combater pragas urbanas em bibliotecas

As bibliotecas pedem uma atenção especial para a dedetização. São locais que precisam de cuidado redobrado, pois pragas podem danificar, além de sua estrutura física, o seu acervo. Para isso, é preciso prevenir contra as ameaças: ratos, cupins, traças e baratas. Confira dicas que podem ser úteis para a prevenção contra pragas urbanas e conservação dos livros. Continue lendo “Como combater pragas urbanas em bibliotecas”

5 dicas de como escolher a melhor empresa de dedetização

Dedetização

Se as pragas urbanas estão criando problemas para sua casa e para sua família o melhor remédio é contratar uma empresa de controle de pragas, certo?! Mas, ao escolher a dedetizadoraque realizará o serviço, alguns cuidados são importantes:

-Verifique se a empresa tem alvará de funcionamento, expedido pelo Centro de Vigilância Sanitária, e se ela utiliza produtos devidamente registrados no Ministério da Saúde.

-Orçamentos com preços muito baixos nem sempre é sinal de bom negócio. Desconfie de preços muito diferentes do mercado, isso pode significar um serviço mal executado. O que pode ocorrer é que você tenha que contratar outra empresa para solucionar o problema

-Sempre peça um orçamento fechado. Ou seja, nesse orçamento deve conter os locais de aplicação dos produtos contra as pragas e o valor total do serviço.

-Certifique que profissionais responsáveis e capacitados irão dedetizar a sua casa ou o seu condomínio. Pessoas incapacitadas podem colocar em risco a própria saúde e a dos moradores do local.

-Peça referências aos amigos e vizinhos ou consulte órgãos públicos para ter indicação de uma boa empresa

Sites de  referência:

MinasPrag Associação Mineira das Empresas Controladoras de Pragas

Associação Brasileira de Controle de Vetores e Pragas – ABCVP

Anvisa- Agencia nacional de Vigilância Sanitária

Dicas para evitar cupins


Os cupins são insetos sociais, de hábitos subterrâneos. Existem cerca de 2500 espécies e vivem em colônias altamente organizadas, onde o princípio básico é a sobrevivência da colônia e não do indivíduo.
Encontrar um bando desses bichinhos na sua residência não é nada bom. Eles podem estar destruindo seus móveis e outras estruturas da casa.
Saiba como evitar uma infestação de cupins em seus móveis:

  • Sempre que possível opte por madeiras nobres.
  • Madeiras de construção abandonadas na contralaje ou em reservatórios de água, deixadas por descuido no fim da obra, são um chamariz. Se possível, remova o mais rapidamente possível entulho com restos de madeira.
  • Telas nas janelas podem evitar a entrada de cupins alados.
  • Limpe a casa diariamente para eliminar insetos que queiram alojar-se entre livros, sob tapetes, dentro de armários etc.
  • A cada seis meses, observe se há pequenos furos ou pó semelhante a serragem em esquadrias, portas, tacos e móveis de madeira. Em caso de sinal da presença de cupim, substitua a peça.
  • Também é possível fazer descupinização preventiva. Procure uma firma especializada e com registro na Vigilância Sanitária, com um responsável técnico.

No vídeo a seguir, um biólogo dá dicas para perceber os sinais como alterações nos móveis, como pó amarelo, descamação ou estufamento. Confira:

Baratas! E agora, o que fazer?

Encontrar com uma barata ou outra praga no seu doce lar não é uma das sensações mais agradáveis, não é mesmo?

As baratas estão entre os mais resistentes insetos que existem. Elas são capazes de viver sem água durante um mês, já que absorvem a umidade pelo corpo.  As baratas são capazes até de sobreviver a um desastre atômico, isso é comprovado cientificamente.
Há mais de 150 mil anos, as baratas rodeiam o mundo. Existem cerca de 5 mil espécies do inseto considerado o mais nojento. E quem sabe uma delas não está andando pela sua casa ou apartamento?
As baratas são as maiores transmissoras de doenças. Elas contaminam alimentos e utensílios de cozinha apenas com um simples contato. Foram comprovadas 32 doenças causadas por bactérias, 17 por fungos, 3 por protozoários e 2 por vírus, todas vindas de contatos com baratas.
E não adianta tirar o chinelo. Quando a infestação é constante, as baratas conseguem perceber o perigo através de mudanças na corrente do ar à sua volta. Elas possuem pequenos pelos nas costas que funcionam como sensores. Eles informam a hora de correr.
Acompanhe algumas dicas importantes para afastar as baratas:

  • Mantenha a sua cozinha livre da umidade quanto possível
  • Não deixe alimentos em recipientes destampados ou em sacos de papel (use recipientes de metal, louça, vidro ou plástico)
  • Guarde o lixo em sacos fechados antes de jogá-lo fora e tampe todas as fendas e buracos onde os insetos possam se esconder
  • Mantenha rigorosamente limpas as bancadas, prateleiras e o chão da cozinha
  • Limpe frequentemente as superfícies debaixo e atrás de móveis baixos e máquinas
  • Tampe ralos e esgotos com grelhas
  • Vede os espaços ao redor de canos e armários com vedante de borracha e silicone

Essas são apenas algumas precauções básicas, mas, em todo caso de grande infestação, é importante contratar uma empresa de controle de pragas. A dedetizadora deverá fazer um trabalho responsável e seguro, porém, para isso, ela deve ser reconhecida no mercado e possuir equipe composta de especialistas em dedetização.