Escorpião: como combater essa praga

Escorpião: como combater e se proteger

Escorpião é uma aracnídeo perigoso. E a partir de setembro, quando a temperatura aumenta e o clima fica mais quente, os escorpiões começam a aparecer com maior intensidade. Dado o perigo que representam, nunca é demais conhecer um pouco mais sobre esta praga.

Quais são as principais espécies de escorpião?

No Brasil as espécies de escorpiões mais importantes para a saúde pública pertencem ao gênero Tityus, destacando-se as espécies Tityus serrulatus (escorpião amarelo) e Tityus bahiensis (escorpião preto).

Como são feitos o combate e o controle de escorpião?

O controle geralmente é químico e pode ser realizado empregando-se produtos que, além de apresentar comprovada eficiência sobre os escorpiões, apresentam também ação residual.

Existe ainda o controle biológico, realizado por animais que são predadores dos escorpiões. As galinhas são bons exemplos: devido ao seu comportamento de ciscar, acabam encontrando e eliminando inúmeros escorpiões.

Quais são os benefícios de se fazer o combate e controle técnico de escorpiões?

  • Localização dos focos de escorpião sem colocar em risco moradores ou animais domésticos.
  • Segurança e tranquilidade para moradores e animais domésticos.

Na prática, como se dá o serviço de combate e controle dos escorpiões?

Todo o trabalho é feito em etapas, como você confere a seguir:

  1. Aplicação de produtos domissanitários (na forma líquida) em todos os locais que estejam infestados ou que sirvam de abrigo para os escorpiões.
  2. Os pontos críticos de controle devem receber as intervenções químicas de acordo com as características de cada espécie. Esses pontos serão avaliados e definidos durante a execução dos serviços, podendo variar de acordo com as particularidades do ambiente tratado.

     

  3. Nas áreas internas, os locais que devem ser preferencialmente tratados para a redução das infestações por escorpião são:

     

    • Rodapés soltos
    • Ralos de pia e piso (em cozinhas e banheiros)
    • Frestas e vãos nas paredes
    • Batentes de portas e janelas
    • Caixas de energia
    • armários sob pias ou gavetas
    • Objetos empilhados.

       

  4. Nas áreas externas deve-se priorizar:
  • Pilhas de materiais de construção
  • Lixeiras
  • Amontoados de objetos descartados
  • Frestas e vãos de muros e barrancos
  • Caixas de gordura, de esgoto e de energia
  • Amontoados de troncos, galhos e folhas caídas

Para se prevenir dos escorpiões, o melhor é contar com ajuda profissional

Quando o assunto é saúde e vida, o melhor é sempre contar com ajuda especializada. Por isso, para combater escorpiões, evite soluções caseiras ou improvisadas. Conte sempre com uma empresa especializada, como a Insetan — a maior e mais tradicional empresa do segmento em Minas Gerais.

Que tal solicitar um orçamento sem compromisso? Basta acessar dedetizacaoinsetan.com.br/contato/

Leia também:
Dedetização de escorpião – como acabar escorpiões
Escorpiões – Como eliminá-los da sua casa e trazer a paz de volta
6 dicas para férias escolares sem escorpiões

Conteúdo atualizado em 3 de março de 2022

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Cadastre-se para receber nossa newsletter!

Fique por dentro de nossa novidades!

Posts Relacionado

Solicite seu orçamento ou tire suas duvidas.

FIQUE LONGE DE DOENÇAS E INCÔMODOS CAUSADOS PELAS PRAGAS.
FALE CONOSCO.