Caixa d’água: descubra os principais tipos e necessidades de limpeza

Tipos de Caixa D'água


Existem muitos tipos de caixa d’águas. Cada uma possui características próprias, vantagens e desvantagens. Há, no entanto, algo em comum entre elas: a necessidade de limpeza regular, preferencialmente a cada 6 meses. 

Para que você possa conhecer melhor os diferentes tipos de caixas d’água, preparamos este conteúdo especial. Confira:

Caixa d’água de polietileno

Esta é uma caixa regulamentada pela norma ABNT NBR 14799. Atualmente é uma das mais conhecidas e usadas no país, sendo o seu material o mais utilizado no mundo. Sua capacidade varia entre 310 a 2500 litros. 

O polietileno é uma espécie de plástico produzido a partir do petróleo e de polímeros. Por ser liso, leve e resistente, acaba por facilitar o processo de instalação e limpeza. 

Sua instalação é simples, mas precisa de alguns cuidados. Os dois mais importantes são: evitar que a caixa sofra impactos e assegurar que ela seja instalada em uma superfície plana, horizontal e sem presença de vibrações (como a de uma bomba de água, por exemplo).

Caixa d’água de poliéster reforçado

Esta é uma caixa regulamentada pela norma ABNT NBR 8220. Elas geralmente são feitas sob medida e podem chegar a 500 mil litros ou mais. São construídas utilizando placas modulares e, por isso, geralmente são montadas na própria obra. 

Embora seja leve, sua resistência é relativamente pequena a perfurações e impactos. Por isso, o seu processo de limpeza e manutenção exigem cuidados especiais, para evitar danos ao produto. Sua maior vantagem é o preço, se comparado ao de um reservatório de Inox ou Polietileno.

Caixa d’água de aço inoxidável

Esta é uma caixa regulamentada pela norma ABNT NBR 14863. Resistência, durabilidade, eficiência do seu sistema de vedação e a facilidade de limpeza são suas grandes vantagens. Além disso, geralmente, preserva o frescor da água por mais tempo que outros tipos de caixa.

Sua grande desvantagem é o preço: pelo tipo de material, costuma custar bem mais que os outros modelos de caixa.

Agora que você já sabe das diferenças entre os principais tipos de caixas d’água, só falta saber a melhor maneira de fazer sua limpeza periódica: contando com uma empresa especializada, como a Insetan. Que tal, então, fazer um orçamento gratuito? Basta clicar aqui. 

Caixa d'água limpa, saúde em dia

Caixa d'água limpa, saúde em dia

Saiba a importância de cuidar da sua caixa d’água

Qual foi a última vez que você fez uma limpeza na sua caixa d’água? Você sabia o quanto isso é importante para a saúde das pessoas da casa? Se não sabe nada disso, não tem problema, vamos te explicar tudo o que precisa saber. Vamos lá!

A caixa d’água, mesmo em uso, são recipientes que contêm água parada e por isso, podem servir de abrigo para o famoso Aedes aegypti – mosquito transmissor da Dengue, Zika, Chikungunya e outras doenças. Enfermidades como leptospirose, cólera e febre tifóide causadas por bactérias contidas na água, também podem ser adquiridas devido a falta de cuidados com caixa d’água.

Manter a caixa d’água limpa evita problemas de saúde

Para evitar, literalmente, dores de cabeça e outros incômodos é importante sempre estar com a limpeza dos reservatórios de água em dia. Afinal, se a água estiver inadequada, ela pode contaminar você e a sua família (uma vez que a usamos para beber, tomar banho, lavar e preparar nossos alimentos).

Com que frequência a caixa d’água deve ser limpa?

Independentemente do material em que foi produzida, ela deve ser limpa ao menos 2 vezes por ano, com um intervalo de 6 meses entre as limpezas. Além disso, mesmo com a higienização, deve-se manter o cuidado de deixar o reservatório bem fechado, para evitar a presença dos invasores indesejados.

5 dicas para cuidar da sua caixa d’água

  1. Verifique regularmente se ela está tampada
  2. Se ela fica exposta ao tempo, certifique-se que a tampa está bem fixada, de forma que uma ventania não a tire do lugar
  3. Tente dificultar o acesso ao reservatório de água, principalmente por crianças e adolescentes
  4. Caso note qualquer diferença na água que chega até sua casa (cor, odor etc), verifique imediatamente se está tudo certo com o seu reservatório de água
  5. A cada 6 meses, faça uma limpeza completa, preferencialmente com uma empresa especializada

Precisando, chame a Insetan

Sabemos que com a correria do dia-a-dia fica um pouco difícil ter disponibilidade para fazer uma limpeza realmente adequada da caixa d’água. Por isso, o melhor é sempre contar com uma empresa especializada como a Insetan. Oferecemos a qualidade e eficiência da dedetização que já realizamos há 60 anos, agora em limpezas de caixa d’água.

Clique aqui, faça um orçamento conosco e garanta o bem-estar na sua residência.

Limpe sua caixa d’água em 11 passos

Limpeza de caixa d'agua em 11 passos

A limpeza de uma caixa d’água é trabalhosa, mas fundamental para garantir a saúde de todos da casa. Por isso, recomendamos sempre a contratação de uma empresa especializada, como a Insetan. Assim, além de você economizar tempo, tem a certeza de que o serviço terá uma qualidade profissional, garantindo a saúde de sua família.

De todo modo, se preferir fazer a limpeza por conta própria, seguir ao menos os passos abaixo é essencial.

  1. Tenha em mãos tudo o que você precisa para limpar a caixa d’água
    Antes de começar a limpeza, garanta que você terá em mãos ao menos os seguintes itens:
    • Luvas de látex
    • Panos limpos
    • Baldes
    • Escova de nylon, preferencialmente nova
    • Água sanitária

  2. Feche o registo Bloquear o fornecimento de água para a caixa é o passo seguinte. Localize o registro que leva água até ela e feche-o completamente.

  3. Esvazie a caixa d’água, mas evite o desperdício
    Água é um bem precioso e precisamos cuidar bem dele. Por isso, em vez de simplesmente esgotar a água disponível, tente usá-la nas atividades do dia a dia. Encha as garrafas de água, regue as plantas, lave as roupas etc. Só não desperdice a água. Ah, e deixe cerca de um palmo de água dentro da caixa. Ela vai ajudar na limpeza.

  4. Feche a saída da água
    Para evitar que o material a ser usado na limpeza desça pelos canos e contamine o encanamento, tampe a saída de água.

  5. Hora da limpeza
    Aplique água sanitária diretamente nas paredes, tampas e fundos da caixa d’água. Não use outros produtos como sabão em pó ou detergente. Pegue a escova de nylon e esfregue bem.

  6. Retirando a água contaminada
    Com ajuda de um balde, retire manualmente toda a água que restou na caixa. No final, use os panos limpos para tirar a água que o balde não alcançar e enxugar a caixa d’água.

  7. Encha a caixa, mas não a destampe
    Nesse momento você já pode voltar a encher a caixa d’água. No entanto, não ainda não retire a tampa que está fechando a saída de água.
  8. Use mais água sanitária
    Com a caixa d’água cheia, use 2 litros de água sanitária para cada 1000 litros de água. Espere agir por 2 horas. Depois disso, esgote toda a água. Importante: esta água só pode ser utilizada em descargas e faxinas. Não a use em qualquer outra situação.

  9. Volte a encher a caixa d’água
    Abra novamente o registro e deixe a caixa d’água encher.
  10. Reinicie o abastecimento
    Agora você já pode voltar a usar a água certo de que sua caixa está limpa e descontaminada.
  11. Chame a Insetan
    Esse, na verdade, deveria ser o primeiro passo: chamar uma empresa séria e qualificada para fazer todo esse trabalho. Por isso, fica a dica: clique aqui e solicite um orçamento gratuito.