Dedetização Insetan Dedetizadora

Por que as aranhas não ficam presas em suas teias?

Por que as aranhas não ficam presas em suas teias?

Muitas pessoas já devem ter se perguntado como as aranhas não ficam presas em suas próprias teias. A resposta para essa pergunta é simples: a aranha conhece sua teia melhor do que ninguém e é esperta o suficiente para não cair na própria armadilha.

Se você não suporta aranhas, que tal fazer um orçamento sem compromisso com a melhor dedetizadora de Minas Gerais? Clique aqui.

Mas como as aranhas fazem sua teia?

No momento de construir uma nova teia, a aranha reveste todos os fios na forma de um aspiral com uma cola especial. Contudo, ela tem o cuidado de deixar alguns espaços secos para que ela possa se apoiar. Com isso, notamos que as aranhas deixam os fios do raio e da moldura da teia sem cola, pois é exatamente nessas áreas que ela vai se movimentar com todo o cuidado.

As aranhas também não ficam presas em suas teias porque apresentam unhas finas e muito delicadas. O aspecto das unhas ajuda a aranha a se equilibrar na teia, sem encostar na parte grudenta.

Sim, por vezes uma aranha pode acabar grudada em sua própria armadilha

Mesmo com todos os cuidados, às vezes as aranhas acabam sim presas em suas próprias armadilhas, mas nesses casos elas conseguem se desgrudar.


De uma forma geral, as teias de aranhas que apresentam a característica grudenta têm o formato espiralado. A teia da aranha é um refúgio e uma estrutura para abrigar os casulos do inseto.

Então, a resposta para a pergunta inicial é que a aranha não se prende na sua teia porque é capaz de distinguir os fios secos e ainda consegue produzir uma secreção que a protege da cola natural que fica sobre os fios de seda.

Produzido com informações do Site de Curiosidades

Fui picado por uma aranha, o que devo fazer?

Picada de aranha: o que f

Veja o como proceder em caso de picada de Aranha.

Existem diversos animais que circundam a nossa casa, e muitas vezes bem pequenininhos que a gente nem se dá conta, mas não sabemos inclusive o quanto eles são perigosos, como por exemplo as aranhas, quando da picada de aranha, tanto a aranha marrom e a viúva negra, que são consideradas as menores aranhas do mundo e as mais perigosas, a medida de ambos os tipos ficam em torno de 12 mm a 3 cm e é capaz de se reproduzir rapidamente.

Estas espécies de aranha possuem seis olhos que são bem próximos e uma coloração bastante acentuada de preto ou marrom castanho, devido a isso surgiram seus nomes. Elas possuem seus pelos curtos e escassos e os machos tem o corpo mais delgado e apresentam com isso patas mais largas que as fêmeas, podendo viver inclusive cerca de cinco anos e podem se reproduzir mais de sete vezes no ano botando mais de dois mil ovos.

Essas aranhas não são agressivas e só reagem assim quando se sentirem ameaçadas e causam a picada quando são pressionadas contra o seu corpo, porém tanto o macho quanto as fêmeas tem suas picadas bastante perigosas causando diversos males para nós.

A picada de aranha e os seus sintomas

A picada de aranha é praticamente indolor e somente a partir de  12 a 24 horas depois é que sentimos os efeitos como inchaço, bolhas no local, morte do tecido, dor no local. Se por acaso deixarmos o tempo passar e não aplicar antídoto outros sintomas podem aparecer, como sensação de boca seca, urina escura e também sonolência, em alguns casos bastante raros podem ocorrer anemia hemolítica com a destruição das hemácias e até mesmo a coagulação do sangue.

Podem também em alguns casos ocorrerem hemorragias de grau leve a grave em consequência a insuficiência renal, anemia aguda e também morte.

Por estes motivos é muito importante que seja aplicado os antídotos o mais rápido possível para que não existam sequelas no corpo e assim se sentir os sintomas ou perceberem uma picada de aranha basta se dirigir até o hospital para tomar um antídoto.

Estes tipos de aranhas são os mais perigosos e ambas são originárias em lugares de climas quentes, secos e também escuros onde existem grandes quantidades de moscas. Diversas vezes é possível as encontrar no banheiro e nos exteriores de casa.

Já no caso da viúva negra a aranha se identifica através de uma marca vermelha na barriga. E a sua picada é semelhante a de um inseto podendo mesmo nem se sentir. Primeiramente é possível perceber apenas um inchaço ligeiro e também o aparecimento de manchas vermelhas. Depois de algumas horas será possível perceber uma dor intensa e uma situação de sonolência, além também fraqueza.

As únicas medidas de primeiros socorros que são eficaz para uma picada de aranha é cobrir com um cubo de gelo a picada para reduzir a dor. Os menores de 16 anos e maiores de 60 devem ser hospitalizados para receberem este tratamento e no caso de envenenamento grave é utilizado um antídoto que irá neutralizar os efeitos das toxinas.

Além disso é possível que sejam realizadas necessárias outras medidas para tratamentos, especialmente se ocorrerem dificuldades respiratórias, pressão alta, entre outros. Em alguns casos simples é possível diminuir a dor com banhos quentes. Caos mais graves podem requerer até mesmo analgésicos opiáceos.

Para não correr riscos de picada de aranha, previnir é sempre o melhor caminho. Por isso, que tal solicitar um orçamento gratuito para dedetizar sua residência? Basta clicar aqui.
 
Conteúdo produzido com informações de Mestre das Dicas.