9 VERDADES E 1 MITO SOBRE DEDETIZAÇÃO

Que tal testar seus conhecimentos sobre dedetização? Listamos aqui 9 verdades e 1 mito sobre o assunto e querermos saber se você descobre qual dessas informações é pura balela. Vamos lá:  

1- Antes de dedetizar, é importante que se conheça a espécie da qual desejamos nos livrar para usar os produtos corretos.

2- Não há necessidade de uma limpeza muito pesada depois da dedetização.

3- Os animais de estimação sofrem tanto quanto as pessoas quando a casa está infestada.

4- Apenas uma dedetização é suficiente para manter o ambiente livre de pragas para sempre. 

5- A dedetização não deve ser feita somente em residências. É de extrema importância que as empresas também sejam dedetizadas, principalmente as de caráter alimentício.

6- O correto é DEDETIZAÇÃO, não DETETIZAÇÃO.

7- Com o avanço da tecnologia, os produtos utilizados na dedetização estão cada vez menos tóxicos para humanos.

8- As baratas, definitivamente, não sobreviveriam a um ataque nuclear.

9- Há milhares de espécies de aranhas, mas uma pequena parte é venenosa.   

10- A picada do escorpião amarelo pode ser letal para crianças e idosos.

O número 4 é um tremendo mito. Sabe                                                                                                                              por quê? Em todos os ambientes suscetíveis à infestação, a dedetização deve ser feita periodicamente e não apenas uma vez.

O ideal é que, em casas, o controle seja feito trimestralmente. Clique aqui e faça um orçamento.

ARANHAS, ONDE ESTÃO E COMO COMBATÊ-LAS

Inicialmente, as dores da picada podem não ser sentidas e começarem a aparecer só dentro de algumas horas. O que contribui para o agravamento do quadro da vítima, pela demora da procura por um atendimento hospitalar. Como sintomas, o local pode apresentar bolhas, inchaço, aumento de temperatura, queimação e lesões hemorrágicas. categorias do blog

CURIOSIDADES:

No mundo, existem aproximadamente cerca de 40 mil espécies de aranhas. Algumas inofensivas, outras peçonhentas e todas com diferentes hábitos e habitats. Neste post, você vai aprender um pouco mais sobre esses bichinhos e os cuidados que deve tomar no seu lar.

As aranhas, são artrópodes da classe Arachnida são famosas pelo veneno que inocula nas vítimas, que pode causar necrose e até mesmo morte. E pavor na maioria das pessoas. Porém, não se engane, nem todas são venenosas, mas, mesmo assim é melhor não arriscar. Existem diversos casos de acidentes com o artrópode, porém em sua maioria não graves, justamente pelo fato de existirem diversas espécies inofensivas.

Dos mais de 3.000 gêneros descritos, apenas 06 deles são importantes por causar sérios riscos à saúde humana. Todas as espécies possuem um par de quelíceras (presas) e a grande maioria possui glândulas de veneno.

Aranha Marrom 

As aranhas mais comuns em residências, são as Loxosceles, popularmente conhecida como Aranha Marrom. Elas têm cerca de 3 a 4 cm e coloração castanha, possuem hábitos noturnos e aparecem muito durante o verão. Seu veneno, é extremamente tóxico ao organismo humano. Elas gostam de ambientes escuros, quentes, secos e sossegados. Nas cidades, esse gênero de aranha procura os melhores lugares para fazer o seu ninho, como: buracos, frestas, copa de árvores, atrás dos móveis, madeiras, materiais de construção e entulhos.

Sintomas da picada da Aranha Marrom

A picada dificilmente é percebida e pode até ser ignorada. Porém, o veneno da Aranha Marrom causa necrose podendo se estender conforme local picado podendo haver inclusive, ulcerações. Devido a semelhança com outras doenças, o diagnóstico torna-se mais dificultado.

O que fazer para tratar

  • Lavar o local com água corrente;
  • Compressas de água quente para aliviar a dor;
  • Elevar o local da picada;
  • Procurar uma unidade de saúde mais próxima urgentemente;
  • Identificar o tipo de aranha se possível, para que os médicos saibam como tratar e diagnosticar o caso.

O que fazer para evitar a presença delas em casa?

Organização e limpeza de nossa casa interna e externamente (inclusive com poda constante de vegetações) é fator fundamental no controle dessas aranhas. O controle químico deve ser adotado de forma técnica e em conjunto com essas medidas de manipulação ambiental. Como medidas de prevenção, citamos abaixo algumas que podem ser realizadas facilmente:

  • Deixar os jardins e quintais limpos, cuidados e livre de entulhos (lixo, folhas, materiais de construção e madeiras);
  • Limpar os terrenos baldios vizinhos também é necessário. Pois mesmo com todo o cuidado que você tenha no seu lar, pode haver deslocamento de áreas circunvizinhas.
  • A limpeza na parte de fundos de móveis deve ser constante e minuciosa.
  • Roupas de cama e de vestir assim como calçados, devem ser inspecionados antes de serem utilizados.
  • Frestas e demais acessos devem ser devidamente fechados.

E em casos de infestações ou, para garantir de que as aranhas e outros animaizinhos não irão perturbar a saúde e o conforto da sua família, conte com a dedetização da Insetan. Entre em contato conosco e saiba mais sobre os nossos serviços.
Problemas com aranhas ? Clique aqui e fale conosco.