Recuperação de áreas verdes deve observar questões ligadas ao aparecimento de pragas urbanas

Recuperação de áreas verdes deve observar questões ligadas ao aparecimento de pragas urbanas

Recuperacao-de-areas-verdes-deve-observar-questoes-ligadas-ao-aparecimento-de-pragas-urbanas Recuperação de áreas verdes deve observar questões ligadas ao aparecimento de pragas urbanas Prevenções

Grandes capitais brasileiras, atentas às questões ecológicas estão construindo e recuperando áreas verdes e o seu ecossistema natural. Contudo, essa recuperação precisa ser realizada respeitando e observando todas as questões envolvidas. Juntamente com os parques ecológicos, os animais silvestres também voltam a essas áreas e, com eles, algumas pragas urbanas que ameaçam à saúde dos humanos.

Em Belo Horizonte, o Parque Ecológico da Pampulha é um belo exemplo de uma área que foi recuperada e pode ser usada para a prática de esportes, lazer, dentre outras atividades. Com a revitalização da Lagoa da Pampulha, as capivaras voltaram a habitar as margens da lagoa e, com elas, os carrapatos.

Carrapato-estrela

Se não for realizado um rígido controle de pragas urbanas a recuperação dessas áreas pode se tornar uma questão de saúde pública. As capivaras são uns dos animais que servem de hospedeiro para o carrapato-estrela, que quando infectado por uma bactéria, transmite a febre maculosa.

Febre maculosa

A febre maculosa brasileira é uma doença infecciosa febril aguda, de gravidade variável, cuja apresentação clínica pode variar desde as formas leves e atípicas até formas graves, com elevada taxa de mortalidade. Ela é causada por uma bactéria hospedada em carrapatos.

Os sintomas da doença se apresentam com febre elevada, dor de cabeça e dores no corpo, seguido de manchas vermelhas. Caso a pessoa apresente os sinais, deve procurar imediatamente uma unidade de saúde e informar ao médico que pode ter tido contato com carrapatos.

Em 2011, foram confirmados três casos de febre maculosa em Minas Gerais, com dois óbitos, em Contagem e Araxá. Em 2010, foram 11 casos confirmados, com cinco mortes.

3 comments:

  1. PIetro

    O parque ecológio da Pampulha está infectado de carrapatos. Eu fui no Parque Ecológio dia 10/09/2011 e os carrapatos vão subindo constantemente pelo corpo de quem está na grama. As capivaras tem livre acesso ao parque e isso é realmente um grande risco a população. Além dos carrapatos serem hospedeiros da bactéria Rickettsia transmitindo febre maculosa, causam ainda um grande incômodo com a reação alérgica provocada pelos próprios carrapatos. Escrevi uma reclamação no livro do Parque, mas espero que várias pessoas reclamem para que seja tomada uma atitude. Um parque tão bonito como aquele não pode ter essa negligência das autoridades.

    Reply
    1. insetan

      Pletro,

      Bom dia,

      Possivelmente, esses carrapatos têm origem nas capivaras que ficam transitando livremente por toda a orla da Lagoa da Pampulha. Elas são responsáveis pela infestação de carrapatos observada em toda sua extensão e é uma situação que deve ser observada com cautela e atenção.

      Realmente, há necessidade de uma atitude adequada e emergencial por parte das autoridades competentes e somente com o apelo da população é que a situação poderá ser revertida e solucionada.

      Parabenizo pela atitude e mobilização em prol da melhoria de nossa cidade.

      Sempre à disposição,
      Viviane Alves de Avelar
      Bióloga / Responsável Técnica
      CRBio16.441/4-D

      Reply
  2. Pietro

    O parque ecológio da Pampulha está infestado de carrapatos. Eu fui no Parque Ecológio dia 10/09/2011 e os carrapatos vão subindo constantemente pelo corpo de quem está na grama. As capivaras tem livre acesso ao parque e isso é realmente um grande risco a população. Além dos carrapatos serem hospedeiros da bactéria Rickettsia transmitindo febre maculosa, causam ainda um grande incômodo com a reação alérgica provocada pelos próprios carrapatos. Escrevi uma reclamação no livro do Parque, mas espero que várias pessoas reclamem para que seja tomada uma atitude. Um parque tão bonito como aquele não pode ter essa negligência das autoridades.

    Reply

Deixe seu comentário

8 + 2 =