Crianças sofrem com ataques de insetos. Saiba como prevenir

Crianças sofrem com ataques de insetos. Saiba como prevenir

Seja em casa ou no campo, os insetos sempre estão por perto e, na maioria das vezes, nos incomodando. No verão, a situação se agrava pelo aumento considerável de indivíduos, graças ao período de reprodução que inicia-se em meados de setembro.

E quem sofre mais com o assédio destas pragas são as crianças, que possuem o organismo mais sensível e a pele mais fina. Desta forma, reações alérgicas como vermelhidão, calombos e até feridas são comuns de acontecerem. Em alguns casos, a situação pode ser mais grave ainda e o ataque de animais peçonhentos, como escorpiões e cobras ou insetos como pernilongos, abelhas e vespas podem causar grandes transtornos e até a morte, em alguns casos.

Como prevenir dos ataques de insetos?
A preocupação principal de qualquer pai é com a segurança dos filhos. E não existe muito segredo para proteger as crianças das pragas urbanas. Cortinados para cama, higiene nos ambientes com manuseio de alimentos e manutenção do Controle Integrado das Pragas Urbanas é essencial para deixar o ambiente seguro.

Veja algumas dicas para se contratar uma empresa desse ramo.
Hoje em dia, com o avanço tecnológico, as formulações químicas de inseticidas estão menos agressivas do que há alguns anos. E, na maioria das vezes, a família pode voltar para casa algumas horas depois dos produtos serem aplicados por profissionais qualificados. No entanto, é necessário deixar o local bastante arejado antes do retorno de crianças, idosos e pessoas com histórico alérgico.

Saiba mais sobre os períodos para se retornar ao ambiente após a dedetização
Os repelentes de tomada, que aquecem uma substância nociva aos insetos, podem ser bastante úteis para evitar ataques durante a noite. É recomendado instalar o aparelho na parede oposta à cama da criança.
Durante o dia, em lugares abertos e no campo, uma alternativa é a utilização de repelentes em gel, spray ou creme. Existem produtos indicados para cada faixa etária, portanto, é aconselhável consultar o médico pediatra para obter indicações específicas e evitar casos de intoxicação ou alergias.
Veja outras informações sobre os repelentes de tomada
Repelentes naturais
Para quem tem intolerância a certos produtos ou prefere utilizar métodos naturais para afugentar estes insetos, vale tentar essa dica. Muitas pessoas cortam uma laranja ao meio e colocam cravos-da-índia sobre as metades da fruta para manter os mosquitos longe. Vale tentar!

Com informações da Revista Crescer e Equilíbrio e Saúde, da Folha.com

Deixe seu comentário

14 - = 13