Novo vírus detectado após de morte de homem nos EUA

Novo vírus detectado após de morte de homem nos EUA

O Centro de Controlo e Prevenção de Doenças (CCPD) está a investigar e poderá ter detetado um novo tipo de vírus no Kansas, nos Estados Unidos, depois da morte de um homem na sexta-feira, conta a CNN. Bourbon é o nome do novo vírus, que diz respeito ao município onde vivia o homem, e terá origem na picada de inseto ou carraça.

O homem de 50 anos, cuja identidade não foi revelada, sofreu, segundo o CCPD, múltiplas picadas de inseto na primavera de 2014 e sentiu-se doente imediatamente. Ao terceiro dia de doença deslocou-se ao hospital e ficou internado, acabando por morrer de um ataque cardíaco ao 11.º dia. No hospital fez vários testes para despistar doenças infeciosas, mas os repetitivos resultados negativos levaram o CCPD a anunciar um novo vírus. Os sintomas incluíam febre, cansaço, náuseas, vómitos e comichão.

Segundo a Bloomberg, citando o relatório do centro, o homem era considerado saudável e pesquisadores só encontraram o vírus analisando a genética do seu sangue. A CCPD recomenda agora que as pessoas se protejam contra as picadas de insetos usando repelentes e vestindo camisolas com mangas compridas e calças. O centro aconselha também que a população evite zonas com árvores e arbustos.

A CNN adianta ainda que este tipo de vírus, da família Thogotovirus, está ligado a picadas de insetos e carraças na Europa, Ásia e África, sendo a primeira vez que se identifica algo do género nos Estados Unidos.

Fonte: Observador 

Deixe seu comentário

- 2 = 7