Mosca branca migra da zona rural para urbana em Uberaba e causa transtorno

Mosca branca migra da zona rural para urbana em Uberaba e causa transtorno

Um inseto conhecido popularmente por mosca branca (Bemisia tabaci) tem deixado a zona rural e se feito presente na rotina dos moradores de Uberaba. De origem asiática, a mosca branca foi analisada pelo Centro de Controle de Zoonoses (CCZ), que afirma não haver risco epidemiológico para a população.

De acordo com o agrônomo José Sidnei Silva, o primeiro registro do inseto no Brasil ocorreu no final da década de 1990. Segundo a Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa), a mosca branca chegou através da importação de uma planta ornamental e se alimenta da ceiva de vegetais. Entre as causas da proliferação, segundo o agrônomo, está o período de colheita na zona rural, que implica na migração para a área urbana.

“Podemos dizer que a causa é um conjunto de fatores: o uso excessivo de agrotóxicos no campo sem orientação técnica, somada ao desequilíbrio ambiental e desmatamento são alguns deles. E por se afugentarem de um inimigo natural também. Assim como causa danos na zona rural, pode causar danos no nosso verde urbano. Os órgãos competentes têm que se preocupar com o trabalho no monitoramento para que não se torne uma praga urbana”, afirmou.

Deixe seu comentário

74 - 71 =