PRAGAS DOMÉSTICAS – Boas de esconderijo, formigas podem ser difíceis de se controlar

PRAGAS DOMÉSTICAS – Boas de esconderijo, formigas podem ser difíceis de se controlar

Não estamos sós. Além da família e amigos, nossas casas frequentemente recebem outros hóspedes. Estes, um tanto quanto indesejados. São as formigas, baratas, pulgas e outras pragas domésticas. Mal sabemos, mas quem as convida para nossos lares, somos nós mesmos por meio de simples descuidos que, se evitados, podem contribuir para reduzir estas pragas em nosso lar.

Uma vez que se instalam e em nossas casas, a missão de acabar com elas é árdua. É importante termos consciência de que venenos e inseticidas artificiais em geral (destes que encontramos em supermercados e lojas agroveterinárias), possuem em sua composição substâncias e agentes químicos danosos ao organismo humano e que podem ser bastante perigosos também para gatos, cachorros e outros bichinhos de estimação.

Para falar sobre estes insetos que se instalam em nossas casas sem pedir licença e nos faz perder a paciência, estamos iniciando, hoje, uma série de quatro posts em que falaremos sobre as pragas mais comuns de se encontrar em nossas casas e, claro, daremos dicas para acabar com essas pequenas infestações.

A primeira delas, não poderia ser outra senão as formigas, que conseguem tomar conta de espaços em que há alimentos, como a cozinha.

Das mais de 20 mil espécies de formigas existentes, estima-se que apenas 30 delas estejam presentes em nossas casas. Para controlar estas formigas conhecidas por “formigas domésticas”, o ideal é manter sempre a cozinha limpa, vedar todas as embalagens de alimentos e armazená-las em locais de difícil acesso para insetos em geral, principalmente recipientes que contenham geleias, molhos, mel, xaropes ou doces em geral.

Vedar todos os locais que podem servir como porta de entrada para as formigas também é uma dica bastante efetiva. Utilize uma mistura de detergente com bicarbonato de sódio e água. A solução pode ser ideal para manter formigas longe de canteiros de janela. Basta espalhar uma linha fina dessa solução na área de onde vem as formigas.

Folhas de louro guardadas dentro ou junto a potes de açúcar e farinha podem manter as formigas longe desses alimentos.

Os lugares mais comuns para que formigas fixem suas moradas e construam seus ninhos dentro de casa são dentro das paredes, em rodapés, nas tomadas elétricas, dentro de conduítes de eletricidade e até mesmo em aparelhos eletrônicos. Todos esses lugares têm em comum a discrição. Os ninhos são de difícil localização e, por isso, quando percebemos o problema deixou de ser uma pequena infestação e já alcança várias partes de sua casa.

Se o seu problema estiver fora do controle ou caso a praga em questão seja mais agressiva, como a formiga-de-cupim, que ataca e destrói a madeira estrutural das edificações, fique atento e não deixe de buscar auxílio profissional!

Com informações de R7

 

Deixe seu comentário

44 - 40 =