Intervenção artística com baratas invade capitais brasileiras

Intervenção artística com baratas invade capitais brasileiras

baratas Intervenção artística com baratas invade capitais brasileiras Papo de Praga Elas são polêmicas… Tem gente que não gosta, alguns têm pavor, outros nem se importam. Mas não tem quem não as conheça!

As baratas já foram temas de livros (lembra do Kafka?), filmes (já assistiu “Joe e as baratas”?) e desde 1985 ilustram as ruas de várias capitais brasileiras graças à intervenção do músico e artista plástico Natinho. Ele teve essa ideia ao recortar o desenho de uma barata de um fanzine para usar como símbolo de sua banda “Radical Sem Dó”. A banda acabou, mas o músico e um amigo continuaram a espalhar adesivos de diferentes tamanhos ilustrados com o inseto nas cidades de Belo Horizonte, Recife, Curitiba, Vitória e mais recentemente em São Paulo. A intervenção deu tão certo que os músicos conquistaram um espaço para uma colagem gigante no Museu Nacional, em Brasília, durante um evento dedicado à arte urbana. Veja aqui uma galeria de imagens com as baratinhas adesivas. E se encontrar uma pela sua cidade, não precisa sair correndo! É arte!

Com informações do site Catraca Livre

Deixe seu comentário

- 2 = 2