Estudo de insetos ajuda a desvendar crimes

Estudo de insetos ajuda a desvendar crimes

O nome não é muito familiar, mas se você já assistiu a série americana de televisão “CSI: Crime Scene Investigation” (ou em tradução livre “Investigação da Cena do Crime”) com certeza saberá o que é entomologia forense. Estudar os insetos para solucionar crimes é algo bem comum no seriado – e está se tornando uma nova opção de estudo e carreira no Brasil.

A Universidade de Brasília (UnB) já oferece um mestrado em entomologia forense, além de possuir o Núcleo de Entomologia Forense no Instituto de Ciências Biológicas da universidade. Os núcleos de pesquisa já estão espalhados em todas as regiões do país, ajudando a formar legistas e peritos criminais que têm papel fundamental na investigação de crimes misteriosos.

mosca_varejeira Estudo de insetos ajuda a desvendar crimes Papo de Praga

Essa investigação a partir dos insetos pode ocorrer de várias maneiras. Por exemplo, uma adolescente foi morta em 2007 e seu corpo ficou desaparecido por 45 dias. Para determinar a hora exata de sua morte, a equipe do núcleo da UnB identificou o estágio de desenvolvimento de larvas de moscas. “O olfato das moscas faz com que elas sintam o cheiro de um corpo a 10 quilômetros de distância, depois de 10 minutos da morte”, afirma a bióloga do núcleo Karine Barros-Cordeiro.

Se interessou sobre o assunto? Leia mais sobre entomologia forense clicando aqui.

Deixe seu comentário

81 - = 72