Saiba mais sobre os hábitos de vida do barbeiro, inseto que transmite a doença de chagas

Saiba mais sobre os hábitos de vida do barbeiro, inseto que transmite a doença de chagas

Há 15 anos, pesquisadores da Universidade de Brasília (UnB) estudam o comportamento dos Barbeiros no Distrito Federal. Esses insetos causam a doença de chagas, que pode provocar complicações cardíacas e levar o paciente a óbito.

Pesquisas indicam que o inseto além de estar nas áreas rurais, migrou para outras cidades do DF. Em 2012 e 2014, a bióloga Thais Minuzzi identificou a presença deles nas cidades do Park Way, Águas Claras, Vicente Pires e Paranoá.  No Jardim Zoológico foram encontrados uma colônia com 50 insetos, 44 deles estavam contaminados e transmitiram a doença de chagas para 17 macacos.

Cerca de 40% dos 857 Barbeiros coletados no DF estavam infectados. Mesmo com o alto número de insetos contaminados, nenhuma pessoa contraiu a doença no período estudado. O inseto costuma aparecer com maior frequência nos períodos que antecedem as chuvas, porém para eliminar os riscos a comunidade precisa colaborar.

 

Fonte: EBC

Deixe seu comentário

24 - = 14