Por que as aranhas não ficam presas em suas teias?

Por que as aranhas não ficam presas em suas teias?

Muitas pessoas já devem ter se perguntado como as aranhas não ficam presas em suas próprias teias. A resposta para essa pergunta é simples: a aranha conhece sua teia melhor do que ninguém e é esperta o suficiente para não cair na própria armadilha.

No momento de construir uma nova teia, a aranha reveste todos os fios na forma de um aspiral com uma cola especial. Contudo, ela tem o cuidado de deixar alguns espaços secos para que ela possa se apoiar. Com isso, notamos que as aranhas deixam os fios do raio e da moldura da teia sem cola, pois é exatamente nessas áreas que ela vai se movimentar com todo o cuidado.

As aranhas também não ficam presas em suas teias porque apresentam unhas finas e muito delicadas. O aspecto das unhas ajuda a aranha a se equilibrar na teia, sem encostar na parte grudenta.

A aranha ainda costuma limpar suas garras para remover qualquer resíduo de sua substância adesiva. Mesmo com todos os cuidados, às vezes as aranhas acabam sim presas em suas próprias armadilhas, mas nesses casos elas conseguem se desgrudar.

De uma forma geral, as teias de aranhas que apresentam a característica grudenta têm o formato espiralado. A teia da aranha é um refúgio e uma estrutura para abrigar os casulos do inseto.

Então, a resposta para a pergunta inicial é que a aranha não se prende na sua teia porque é capaz de distinguir os fios secos, e ainda consegue produzir uma secreção que a protege da cola natural que fica sobre os fios de seda.

Fonte: http://www.sitedecuriosidades.com/curiosidade/por-que-as-aranhas-nao-ficam-presas-em-suas-teias.html

Deixe seu comentário

4 + 3 =