Cientistas descobrem ‘jardins’ feitos por cupins há 25 milhões de anos

Cientistas descobrem ‘jardins’ feitos por cupins há 25 milhões de anos

Cientistas da Universidade de Ohio, nos Estados Unidos, descobriram o mais antigo fóssil de “agricultura” de insetos preservado por 25 milhões de anos em cupinzeiros na Tanzânia, no oeste África. Os resultados foram publicados nesta quinta-feira (23) na revista científica “PLoS One”.

Os cupins faziam “jardins de fungos” em ninhos subterrâneos para converter o material em fonte de alimento mais facilmente digerível.

Antes da descoberta desse fóssil, pesquisadores já haviam analisado o DNA dos cupins atuais e estimaram que a “agricultura” da espécie tenha existido de 25 a 30 milhões de anos atrás.

A evidência encontrada na Tanzânia confirmou essa outra descoberta e deve permitir que os cientistas tenham mais precisão na data e em como ocorreu a relação simbiótica entre cupins e fungos.

“A origem deste comportamento provavelmente teve um efeito profundo sobre como os nutrientes foram concentrados na paisagem, influenciando a evolução da biota da África”, disse o co-autor do estudo, Nancy Stevens.

Fonte: http://g1.globo.com/ciencia-e-saude/noticia/2016/06/cientistas-descobrem-jardins-feitos-por-cupins-ha-25-milhoes-de-anos.html

Deixe seu comentário

1 + 9 =