Catedral tombada como patrimônio histórico está infestada por morcegos

Catedral tombada como patrimônio histórico está infestada por morcegos

Patrimônio Histórico desde 2008, de acordo com o Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan), a Catedral Nossa Senhora das Mercês, em Porto Nacional, a 52 km de Palmas, está infestada com pombos e morcegos. A concentração de fezes nos telhados ameaça não só a imponente construção como a saúde de fiéis e visitantes.

De acordo com o padre Paulo Sérgio Maya Barbosa, o problema existe desde que foram colocados os andaimes da construção, que durou nove anos. A catedral foi inaugurada em 1904. Segundo ele, as autoridades já foram foram informadas, mas por enquanto nada foi feito.

“Por se tratar de uma construção alta e escura, se torna um ambiente propício para abrigar esses bichos. Há uma concentração de excrementos no forro e as pessoas se sentem incomodadas com o mal cheiro, além dos riscos para saúde”.

O padre explica que apenas parte da catedral tem forro e é nesse local que as fezes ficam retidas. Quando chove, o problema se agrava. “Por causa das goteiras, os excrementos escorrem do teto”, afirma.

Desde o dia 15 desse mês, a igreja realiza os Festejos em Louvor a Nossa Senhora das Mercês. Parte da programação é realizada dentro da catedral, como missas e batizados. A programação encerra neste sábado (24), com a festa da padroeira da cidade. Segundo o padre, as atividades vão seguir normalmente.

foto_marcio_de_pietro_-_governo_do_tocantins_1 Catedral tombada como patrimônio histórico está infestada por morcegos Notícias Pragas Monumento é tombado como patrimônio histórico
(Foto: Márcio de Pietro)

“Depois das festividades vamos ver com calma como proceder. Primeiramente pensamos em colocar luzes no alto da torre para afugentar os morcegos com a calaridade, mas o problema é maior. Precisamos trocar o forro e para isso é necessária a autorização do Iphan.”

A Vigilância Sanitária de Porto Nacional confirmou que foi procurada por representantes da igreja. “Realizamos uma inspeção e tiramos fotos a pedidos da igreja, que tinha a intenção de enviar um relatório para Palmas, informando o problema, mas a intervenção junto aos bichos fica por conta da Vigilância Ambiental”, afirmou a coordenadora Geni Batista Gomes.

A Vigilância Ambiental disse ter conhecimento do problema, mas informou também que ainda não entrou em contato com o Iphan.

O Iphan por sua vez informou que tem conhecimento do problema, mas não foi informando oficialmente.

whatsapp_image_2016-09-23_at_15.39.44 Catedral tombada como patrimônio histórico está infestada por morcegos Notícias Pragas Com a chuva, fezes de morcego escorrem do forro (Foto: Paulo Sérgio Maya Barbosa/ Arquivo Pessoal )

Prejuízos
De acordo com o superintendente substituto do Iphan no Tocantins, Lincon Rodrigo Henke, se nada for feito, podem ocorrer danos a estrutura. “Não é possível precisar o tamanho do prejuízo sem uma vistoria técnica, mas é possível afirmar os danos existem. Providências já deveriam ter sido tomadas e cabe ao proprietário agir. O Ipnah apenas orienta os procedimentos, mas precisa ser informado oficialmente.”

Patrimônio
Segundo o Iphan, o Centro Histórico de Porto Nacional foi tombado em 2008. “A área delimitada abrange cerca de 250 edificações, conjuntos de ruas, largos e praças, incluindo a Avenida Beira Lago e o entorno da Catedral Nossa Senhora das Mercês. Na cidade, destacam-se as edificações construídas pelos freis dominicanos como a Catedral das Mercês, além de espaços públicos e residências.”

 

Fonte: http://g1.globo.com/to/tocantins/noticia/2016/09/catedral-tombada-como-patrimonio-historico-esta-infestado-por-morcegos.html

Deixe seu comentário

84 - 76 =