Anvisa interdita lote de canela moída pura com pelo de rato

Anvisa interdita lote de canela moída pura com pelo de rato

Resolução da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), publicada nesta quarta-feira no Diário Oficial da União, determina a interdição cautelar do lote 03/2014 (val. 03/2016) do produto Canela moída pura, marca Pachá, embalagem de 30g, fabricado pela empresa Arcos Com. Imp. Ltda.

De acordo com o texto, laudo do Instituto Octávio Magalhães, da Fundação Ezequiel Dias, apresentou resultado insatisfatório na pesquisa de matéria estranha macroscópica e microscópica por causa da presença, acima do limite de tolerância estabelecido, de pelo de roedor (matéria estranha indicativa de risco à saúde humana). A resolução entra em vigor hoje e terá validade de 90 dias.

A  Agência Brasil tentou entrar em contato com a empresa Arcos Com. Imp. Ltda., mas não obteve retorno até a publicação da matéria.

Fonte: Terra

 

Deixe seu comentário

19 - = 16