A importância das abelhas para o ser humano

A importância das abelhas para o ser humano

Para que servem as abelhas? Muita gente associa a existência do inseto apenas à fabricação de mel ou à picadas dolorosas, no entanto, existem outras funções que as abelhas desempenham e são vitais a vida no planeta. Uma delas é a polinização, que muito contribui para o sucesso durante a colheita em áreas produtoras de alimentos.

Segundo um estudo divulgado em 2004 pela Organização das Nações Unidas para Alimentação e Agricultura (FAO), “as abelhas têm um papel estratégico pelo relevante serviço da polinização cruzada, que são responsáveis por fecundar 73% dos vegetais da nossa flora”. As abelhas são, portanto responsáveis indiretas pela geração de alimento para a fauna silvestre e para nós, seres humanos.

Mas um dado alarmante vem chamando a atenção de pesquisadores, ambientalistas, biólogos, apicultores e pessoas engajadas na causa ambiental. Nos últimos anos, países como Estados Unidos, Inglaterra, França e outros países nórdicos registraram a extinção de várias espécies de abelhas e ainda não sabem com certeza o que está causando este problema. Alguns apicultores apontam que a poluição pode ser um dos fatores responsáveis pela redução dos insetos.

A resposta para este mistério ainda não foi encontrada pelos pesquisadores, porém, várias são as hipóteses levantadas. Cogita-se a existência de um novo micróbio ou a radiação emitida pelas antenas transmissoras, que podem estar interferindo no sistema de navegação das abelhas impedindo-as, assim, de retornar às colmeias.

Enquanto isso, um estudo da Universidade do Porto, em Portugal, aponta os alimentos transgênicos como uma ameaça grave. Segundo os pesquisadores, várias colmeias colocadas próximas a campos de milho transgênicos morreram. A espécie de milho é capaz de produzir uma toxina que provoca a morte de algumas espécies de pragas para proteção do vegetal.

O apicultor João Casaca, em entrevista para o Fórum Brasileiro de Economia Solidária – FBES – diz estar preocupado com a situação e espera que sejam encontradas formas de se resolver o desaparecimento das espécies. “Iremos fazer de tudo para impedir a extinção das abelhas, porque nós, humanos, não conseguimos sobreviver sem elas”, declara.

Há muitos anos, Albert Einstein, explicou que sem abelhas, “não há polinização, não há plantas, não há animais, não há homem” e acrescentou que “se as abelhas desaparecerem da face da Terra, ao Homem resta apenas quatro anos de vida”.

Saiba mais sobre este assunto no aqui.

Deixe seu comentário

- 4 = 1