Porque alguns insetos morrem de costas

Porque alguns insetos morrem de costas

Você provavelmente já deve ter notado que quando mortos ou prestes a morrer, baratas, moscas, grilos, besouros, e até aranhas acabam na mesma posição – virados de costas com as pernas no ar. Alguma vez você já se perguntou por que isso acontece?

Esse fenômeno bastante comum tem suscitado muito debate entre os entusiastas de insetos amadores e entomologistas profissionais. Alguns dos debates chegam a um cenário semelhante ao “quem veio primeiro: o ovo ou a galinha”. Será que o inseto morre porque está de costas e incapaz de se endireitar? Ou será que o inseto acaba virado de costas, porque está morrendo? O portal americano about.com levantou algumas hipóteses para isso acontecer.

De acordo com o site, a explicação mais comum dada por especialistas é algo chamado de “posição de flexão”. Um inseto morto (ou quase morto) não aguenta a tensão em seus músculos da perna, e, naturalmente, caem em um estado de relaxamento. Neste estado, as pernas vão “enrolar”, fazendo com que o inseto vire.

A mesma coisa acontece conosco, quando descansamos o braço sobre uma mesa com a palma da mão para cima. Quando fazemos isso, podemos notar que os dedos se curvam ligeiramente quando estão em repouso. O mesmo acontece com as pernas de um inseto.

Outra possível explicação envolve o fluxo de sangue (ou falta dele) no corpo de um inseto prestes a morrer. Quando ele morre, o sangue para de fluir para as pernas, e eles se contraem. Novamente, como as pernas do inseto dobram sob o corpo consideravelmente mais pesado, as leis da física entram em jogo e ele se vira de costas.

 

Deixe seu comentário

4 + 2 =