Dedetização no frio

Dedetização no frio

Quando as estações mais amenas e frias chegam, é comum esquecermos da dedetização regular. Um dos principais motivos é não notarmos ratos, baratas, formigas, aranhas, cupins e outras pragas, visíveis em nossa casa. Os insetos e roedores parecem desaparecer de vez e as infestações milagrosamente somem. Nenhuma necessidade de dedetizar, correto? Decididamente, não.

 

No fim do outono para o início do inverno, a maioria dos insetos entram em estado de uma espécie de hibernação, no qual seu metabolismo diminui consideravelmente. Mas, apesar da inatividade, as pragas ainda continuam a se esconder do frio dentro de casa. Muitas delas espreitando uma oportunidade de abocanhar algo que lhe sirva de alimento.

 

A importância de dedetizar no frio também se relaciona com o fato de que este período antecede a época de proliferação da maioria das pragas. Pela lógica, se estes animais forem detidos com antecedência, evita-se que eles apareçam na época de maior incidência: na primavera e, principalmente, no verão.

Deixe seu comentário

1 + 5 =