Um colar milionário de insetos

Um colar milionário de insetos

Num belo dia de abril, a Grã Bretanha acordou com um leilão um tanto quanto incomum. Isso porque o objeto ofertado era um colar. Mas não um dos comuns. O acessório em questão se tratava de um conjunto de insetos pré-históricos conservados em âmbar. Já imaginou?

 

O âmbar é um tipo de resina natural fossilizada das árvores. Desse material, foram compostas 40 pedras carregando uma variedade de mosquitos, abelhas, moscas e até aranhas. A idade aproximada das peças é de nada menos que 40 milhões de anos.

 

O colar era de propriedade de um colecionador que resolveu vendê-lo. Segundo alguns especialistas, o valor da peça poderia chegar a um valor de 10 mil libras, o que corresponderia ao montante de R$ 30.000.

Deixe seu comentário

+ 10 = 11