Cientistas descobrem 30 novas espécies de animais em cavernas na Croácia

Cientistas descobrem 30 novas espécies de animais em cavernas na Croácia

Cientistas croatas anunciaram a descoberta de 30 novas espécies de animais em cavernas subterrâneas após dois anos de buscas no Parque Nacional Krka, na região da Dalmácia.

O objetivo inicial dos cientistas do Instituto de Natureza da Croácia era desenvolver novos métodos de observação das criaturas que habitam o local. No entanto, eles acabaram encontrando uma biodiversidade subterrânea única no mundo.

“Encontramos novas espécies de coleópteros e dipluras”, disse à BBC o paleontólogo Kazimir Miculinic, membro da sociedade de Bioespeleologia da Croácia.

A bioespeleologia é o estudo biológico do ambiente subterrâneo. Os coleópteros constituem a ordem com o maior número de espécies entre os insetos. Os mais conhecidos são os besouros e as joaninhas. Já as dipluras fazem parte de uma ordem de artrópodes.

“Estes são nossos animais raros, nossas baleias jubarte, ainda que, temos que admitir, são pequenos e vivem debaixo da terra”, completou o especialista.

Entre os animais encontrados nas “cavernas secretas” estão ainda uma salamandra que não possui olhos, mas usa o olfato e o toque para se locomover, e uma lesma translúcida.

As cavernas ficam nos Alpes Dináricos, uma cordilheira que cobre metade do território croata e que é considerada uma região importante para a biodiversidade da fauna subterrânea a nível mundial.

Até agora, a equipe de especialistas catalogou 175 espécies que vivem nesse habitat, mas acredita-se que é possível encontrar ainda outros novos animais no futuro.

Fonte: Bol

Deixe seu comentário

74 - 65 =